Futebol feminino: goleada imperial

Em jogo à porta fechada em Tabuadelo (Guimarães), a equipa feminina do Gil Vicente Futebol Clube impôs uma goleada ao Águias Negras de Tabuadelo por treze bolas a zero.

Num duelo de autêntico sentido único, a nossa equipa abriu o ativo aos cinco minutos, através de Márrô. Apenas seis minutos depois Inês Matos fez o 0-2 e aos 17′ Joana Matinhas aumentou a vantagem (0-3).

O jogo estava condenado à vitória Gilista, tendo em conta que a equipa da casa não conseguia jogar o seu futebol e impor-se na partida. À passagem do minuto 25, Sónia fez o 0-4 na marcação de uma grande penalidade. Pouco depois da meia hora, Joana Matinhas voltou a mexer no marcador e o Gil Vicente FC chegou à mão cheia de golos.

A barcelense Joana Martins disparou um belo remate e estabeleceu o 0-6 ao minuto 36’e Márrô voltou a marcar aos 38′ e aos 40′. Ao intervalo o resultado dava ao Gil Vicente a vantagem de novo golos, já depois de Inês Matos ter feito o 0-9 em cima do apito para o intervalo.

No segundo tempo o técnico José Bento aproveitou para lançar as novas atletas, Ronalda e Lopes. Aos 50′, Susy fez o 0-10 e Mariana, na marcação de um livre à entrada da área, estabeleceu o 0-11 aos 58′. O 0-12 aconteceu aos 74′ por Lopes e o 0-13 foi assinado por Ronalda a dez minutos de terminar a partida.

O Gil Vicente está agora no terceiro lugar da tabela classificativa da II Divisão Nacional de Futebol Feminino, com apenas menos um ponto em relação ao segundo classificado.

Na próxima jornada, que se disputa domingo, as Gilistas deslocam-se ao terreno do SC Braga B.