Nuno Santos: “Trabalhámos arduamente e conseguimos este feito histórico”

Descrição do momento da conquista da passagem: “É uma alegria imensa fazer parte desta equipa e deste clube, onde não treinei só jogadores mas também grandes homens. Hoje foi a prova dada de que estes meninos têm uma maturidade enorme. Nós sabíamos que tínhamos dois resultados a nosso favor, mas também sabíamos que qualquer deslize podia deitar tudo por água abaixo. Uma defesa intransponível, onde jogadores sérios e humildes conseguiram fazer um grande jogo. A nossa táctica seria sair em transições ofensivas, o que conseguimos variadas vezes. Não conseguimos fazer golo, mas do outro lado também estava uma grande equipa que também lutava para a fase de campeão nacional. Trabalhámos arduamente e conseguimos fazer este feito histórico neste grande clube que é o Gil Vicente.”

Resumo da primeira fase: “Foi uma primeira fase com alguns altos e baixos. No jogo com o Beira-Mar, que perdemos em casa 1-0, disse aos meus jogadores que nada acontece por acaso na vida. Realmente esse foi um momento de viragem… Depois fomos empatar ao FC Porto, conseguimos ganhar ao Feirense e ao Vitória e agora conseguimos aqui o empate com todo o mérito. Aprendemos com os erros e ainda há muito a aprender, tanto para os jogadores como para a equipa técnica, mas é de salientar que os jogadores têm uma alma enorme e essa alma pode leva-los a patamares muito mais elevados e certamente de que vão ter um futuro risonho.”

Como é ser treinador desta equipa: “Ser treinador deste grupo é um orgulho enorme. Eu disse-lhes que me sentia um privilegiado por ser treinador deles e quando a reciprocidade é um ato de bondade as coisas acontecem e fluem de uma forma fantástica. Foi isso que aconteceu… Temos líderes dentro de campo e temos os meninos de primeiro ano que dão um andamento à equipa brutal. Isso faz com que a nossa equipa seja uma equipa muito homogénea e consiga fazer muitas coisas bonitas.”

Perspetivas para a fase de apuramento campeão: “Perspetivamos jogo a jogo e vamos pensar jogo a jogo porque vamos jogar noutro patamar. Vamos trabalhar bem durante a semana, como fizemos este tempo todo, para depois dar resultado ao fim-de-semana e tentar ganhar sempre que possível.”