Gabi Gonçalves, Joana Matinhas e Bea falam sobre a experiência na Seleção da AF Braga

Mais uma vez, o Gil Vicente Futebol Clube inscreveu o nome do clube na convocatória para os treinos da Seleção feminina sub-17 da Associação de Futebol de Braga.

Gabi Gonçalves, Joana Matinhas e Bea foram chamadas para cumprir trabalhos ao serviço da Seleção. As três jogadoras não escondem o orgulho de serem convocadas e realçam o trabalho e aprendizagem que conseguiram ao longo da época com a camisola do Gil Vicente FC.

A avançada Gabi Gonçalves, que também já ingressou em convocatórias da Seleção Nacional Sub-16, salientou a evolução ao serviço do Gil Vicente FC e revela a satisfação por ter a oportunidade de estar na Seleção distrital: “Sinto que tenho evoluído no Gil Vicente, aliás, senti que evoluí muito mesmo! A experiência da Seleção tem sido boa! Estou a dar o melhor de mim para continuar naquele espaço! Espero contribuir e vou fazer de tudo para ver se consigo ir ao próximo torneio! É um grupo muito unido e alegre. Tenho gostado muito do ambiente e espero que continue assim!”, revelou a atleta.

Joana Matinhas, por sua vez, realçou a forma como tem sido tratada na AF Braga: “A Seleção tem jogadoras muito boas com quem temos a oportunidade de jogar e evoluir. Tanto os treinadores como o presidente da AF Braga receberam-me bem e têm sido atenciosos e tolerantes em relação a tudo: horários, a minha disponibilidade, os transportes e no voto de confiança que me têm dado. Tem sido tudo muito bom, estou a gostar muito e espero conseguir ficar”. Além disso, Matinhas fala do que aprendeu com a camisola do clube de Barcelos: “Estar no Gil deu-me a oportunidade de jogar com pessoas mais velhas e com mais experiência no futebol do que eu, o que aumenta o ritmo e a competitividade dos treinos. Para além disso, o Mister tem ideias diferentes de como jogar um futebol mais eficaz que só no Gil joguei e com ele tive a oportunidade de aprender”.

“A experiência na Seleção tem sido bastante agradável. É um grupo coeso e com jogadoras de grande qualidade. Cada uma dá o máximo em todos os treinos, para que consiga estar a representar a seleção distrital de Braga no próximo torneio. É um desafio, do qual pretendo tirar o melhor partido, ou seja, continuar a estar presente nos treinos, e poder realizar os torneios. Quanto aos representantes, estão sempre atentos, e preocupam se com o nosso bem estar, para que possamos aprender, e evoluir sem esquecer da alegria que é para nós, fazermos aquilo que mais gostamos . Contribuindo assim para que da nossa parte haja um melhor desempenho”, disse Bea Costa.  “Ao serviço do Gil Vicente sinto que tenho evoluído e que tenho ganho experiência. Trabalhar com pessoas mais velhas é favorável, pois com toda essa experiência conseguem nos dar conselhos para podermos evoluir. Não conseguimos alcançar o nosso primeiro objetivo, a passagem à fase final, mas vamos agora lutar para conseguir ganhar a taça. Somos um grupo pequeno, contudo estamos juntas para conseguir esta taça. Sinto também que dentro do nosso grupo de trabalho, temos grandes exemplos”, confessou a atleta sobre a sua época ao serviço do clube de Barcelos.

As atletas Gilistas realizam hoje mais um treino com o grupo da AF Braga, com vista à preparação para o torneio de Páscoa.