Filipe Sissé e a Seleção Nacional: “É difícil explicar”

O médio Filipe Sissé foi um dos estreantes na convocatória da Seleção Nacional Sub-18 para o estágio de preparação que decorreu entre segunda-feira e quarta-feira na Cidade do Futebol. O atleta Gilista cumpriu três dias de trabalho com a Equipa das Quinas, após ter sido chamado pelo selecionador Rui Bento.

De regresso dos trabalhos na Seleção, Filipe Sissé não escondeu a felicidade pela convocatória e confessou que “é difícil explicar a sensação, foram dias extremamente felizes para mim”.

“Foi uma boa experiência, deu para conhecer um pouco do que é a Seleção. Aprendi coisas novas e conheci novas pessoas, certamente de que nunca mais me vou esquecer desta oportunidade”, disse.

Ir à Seleção Nacional já era um desejo de Filipe Sissé e o médio confessou que ficou surpreendido, mas na verdade “estava a trabalhar” para que a equipa técnica da Seleção das Quinas reparasse no seu trabalho.

Pela primeira época ao serviço do Gil Vicente FC, e com a passagem à fase de Apuramento Campeão conquistada com a equipa júnior, o médio não esqueceu o clube e o crescimento que tem conseguido com a camisola do emblema barcelense: “O Gil Vicente FC tem me ajudado a crescer, não só como jogador mas também como pessoa. Estou muito feliz por vestir a camisola do Gil Vicente”.