Nandinho: “Podíamos ter sentenciado o jogo mais cedo”

Vitória que fazia falta: “Era uma vitória que já vínhamos a ameaçar. As duas últimas semanas não foram felizes para nós, não por aquilo que a equipa jogou ou demonstrou, mas sim pela falta de eficácia que nos vinha penalizando. Hoje entrámos bem, entrámos praticamente a vencer no jogo, com um golo no primeiro minuto e outra situação logo no minuto seguinte. Nos primeiros dez minutos a equipa podia ter sentenciado o jogo e dado outra tranquilidade. Quando se está a ganhar por 1-0 o resultado gere algumas dúvidas e o adversário acredita. O Mirandês aqui e ali foi tentando a sua sorte e procurou a profundidade, com os jogadores rápidos que tinha na frente. Tivemos mais situações de golo e na primeira parte acho que o  resultado era escasso. A vitória é justa.”

Finalização a ser trabalhada: “Cada jogo é um jogo e o importante é criar situações de golo e depois ter a frieza necessária para finalizar. A finalização depende muito da inspiração dos jogadores, do momento do jogo em que eles estão. Trabalhamos a finalização como trabalhamos todos os outros aspetos. O primeiro golo não nasce por acaso. Trabalhamos tudo da mesma forma e há vários fatores que influenciam o momento da finalização.”