Taça de Portugal: Marcar cedo foi truque para passar eliminatória

O Gil Vicente FC carimbou com distinção a passagem à quinta eliminatória da Taça de Portugal. Em véspera de Natal, os Gilistas defrontaram a União Desportiva de Leiria no Estádio Dr. Magalhães Pessoa e venceram categoricamente, por três golos sem resposta.

Chegar à vantagem cedo foi o truque para conseguir passar à próxima fase da prova rainha sem grandes problemas. Num jogo tranquilo para o Gil Vicente FC, Claude Gonçalves abriu o marcador logo aos 10′. Passado pouco mais de dez minutos, Renan cabeceou com classe para o fundo das redes de Helton, na sequência de um bom cruzamento de de Fujimoto.

Os Gilistas tiveram sempre o duelo controlado durante o primeiro tempo e a UD Leiria não conseguiu criar perigo suficiente para voltar a discutir o jogo com os barcelenses. A superioridade dos barcelenses fez-se notar e a eficácia foi um fator determinante para a vitória.

Já no segundo tempo, o técnico Ricardo Soares operou algumas mudanças no onze e o golo voltou a aparecer com a dupla Lourency e Samuel Lino em campo. O extremo brasileiro isolou-se e deu para Samuel Lino encostar o esférico às redes da baliza leiriense, aos 77′. Apesar da boa atitude da UD Leiria em todo o jogo, a equipa barcelense acabou por ser mais eficaz e vencer assim a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

A próxima eliminatória da Taça de Portugal está marcada para o dia 14 de janeiro às 20h30, no Estádio Cidade de Barcelos, diante do Académico de Viseu.