Gilistas criaram mais oportunidades mas Belenenses revelou eficácia defensiva

O duelo da 12ª jornada da Liga NOS entre o Gil Vicente FC e Os Belenenses SAD não foi além de um empate sem golos. Equilíbrio é a palavra chave para definir o jogo, no qual nenhuma das equipas se conseguiu superiorizar ao adversário. Tanto equilíbrio refletiu-se no resultado final da partida, com ambas as equipas a conquistarem um ponto. No entanto, foi a equipa Gilista que conseguiu criar mais oportunidades para chegar ao golo.

Foram os barcelenses a conquistar a primeira oportunidade de golo. O central Rodrigo Prado empurrou o esférico para o fundo da baliza do Belenenses após um canto batido no lado direito do ataque Gilista, aos seis minutos,  mas o tento foi anulado por posição irregular. Aos 29′ os Gilistas voltaram a criar nova oportunidade, com Léautey a conduzir o esférico pelo corredor direito e a cruzar para o cabeceamento de Lourency. O guardião do Belenenses acabaria por segurar o esférico sem grandes complicações.

Já no segundo tempo (61′), um remate de Claude levava perigo para a baliza dos visitantes, mas foi novamente o guarda-redes da equipa azul que impediu o golo com uma boa defesa. Pouco depois, um forte remate de Vítor Carvalho também levava perigo, mas o esférico passou por cima da baliza.

Antes do final da partida o Belenenses podia ter chegado ao golo, mas a defesa Gilista cumpriu e evitou.