Derrota pela margem mínima em Braga

Um golo solitário de Iuri Medeiros aos 73′ acabou por fazer com que o Gil Vicente FC saísse derrotado de Braga. A equipa Gilista apresentou-se organizada e decidida a conquistar pontos na Pedreira, mas o golo bracarense acabou por surgir no segundo tempo, num momento em que já se esperava um empate sem golos.

Com alguma alterações no onze inicial, a equipa de Ricardo Soares nunca teve grandes problemas na zona defensiva, já que o Sporting de Braga só com remates de longe ia conseguindo criar oportunidades de golo. No entanto, até aos 31′, Denis nunca teve momentos de maior aflição. Ygor Nogueira acabou por cometer uma falta dentro da área e o árbitro da partida assinalou de imediato grande penalidade. Na marcação, o avançado Paulinho atirou com estrondo com o posta da baliza Gilista. Na recarga o esférico embateu de novo nos ferros, desta vez na barra.

Dez minutos depois os Gilistas estiveram perto do golo. Claude Gonçalves do lado esquerdo do ataque cruzou para a grande área, Alaa Abbas acabou por cabecear por cima.

No segundo tempo os locais entraram mais fortes e pressionaram a equipa Gilista. O golo bracarense acabou por aparecer, com Iuri Medeiros a rematar isolado. Os Gilistas correram atrás do prejuízo, mas a falta de eficácia não permitiu a conquista de pontos no jogo da 15ª jornada da Liga NOS.