Golo de Pedrinho ao cair do pano permite vitória Gilista

O Gil Vicente FC regressou às vitórias na receção ao CD Santa Clara, em jogo da jornada 20 da Liga NOS. Os gilistas venceram os insulares por uma bola a zero, conquistando um importante triunfo para as contas do campeonato. O golo dos barcelenses saiu do pé de Pedrinho, já nos minutos de desconto, na marcação de uma grande penalidade.

Em mais uma tarde de chuva no Estádio Cidade de Barcelos, que, de resto, o relvado se mantinha impecável, os visitantes foram os primeiros a criar perigo para a baliza adversária. Um remate de recarga após um livre batido no centro do terreno levava faro de golo, mas o esférico embateu com estrondo na barra da baliza Gilista.

O Gil Vicente FC respondeu à investida insular aos oito minutos com Baraye a servir Fujimoto na direita do ataque gilista e o médio japonês cruzou para Samuel Lino, que de cabeça tentou o golo, mas o esférico saiu ao lado. Aos 18′ houve nova oportunidade de perigo para os barcelenses com Fujimoto novamente em destaque: Paulinho junto à linha lateral do lado direito picou para Fujimoto que rematou para defesa apertado do guardião do CD Santa Clara.

Pouco depois a equipa açoriana voltou a estar perto do golo, com Allano a rematar em arco, mas Denis estava atento e evitou o golo. Aos 37′ Samuel Lino foi protagonista da melhor oportunidade de golo até ao momento: o central Rúben Fernandes isolou  avançado brasileiro com um belo passe, mas Lino não conseguiu sair a ganhar no duelo com o guardião adversário.

Já no segundo tempo, aos 72′, Pedrinho bateu um canto do lado direito do ataque Gilista e Henrique Gomes cabeceou ao primeiro poste, mas Marco conseguiu evitar o golo. Já depois dos 90′, uma falta sobre Lourency na área mereceu a atenção do árbitro da partida. O juiz assinalou grande penalidade a favor dos Gilistas. O médio Pedrinho rematou em força para fazer o golo, estreando-se a marcar com a camisola dos galos.

O próximo duelo dos Gilistas será diante do CD Tondela.