Superioridade do FC Porto refletida no marcador

O Gil Vicente FC não conseguiu sobrepor-se ao atual campeão nacional, em jogo da 22ª jornada da Liga NOS. Os Gilistas receberam o FC Porto e perderam por duas bolas a zero, num duelo em que o guardião Denis impediu os barcelenses de sofrer uma derrota maior.

A equipa portista chegou à vantagem logo ao minuto sete, facto que também acabou por condicionar animicamente o grupo de Ricardo Soares. Num canto batido por Sérgio Oliveira do lado direito do ataque portista, o esférico sobra para fora da grande área, mas em novo ataque do FC Porto o médio Matheus Uribe abriu o marcador.

Aos 19′ uma arrancada de Lourency acabou num remate de longe do brasileiro, mas o guarda-redes do FC Porto segurou o esférico. Logo no lance seguinte a equipa se Sérgio Conceição voltou a estar perto do golo, mas o remate de Corona foi defendido por Denis.

Depois de um primeiro tempo de clara superioridade do FC Porto, no qual valeram as intervenções de Denis, no segundo tempo o Gil Vicente FC foi mais equipa e aos 58′ Lucas Mineiro assustou Marchesin com um remate forte, mas o esférico passou por cima da baliza portista. No lance seguinte um fortíssimo remate de Sérgio Oliveira não deu hipóteses de defesa ao guardião Gilistas, estabelecendo assim o 2-0.