Jogo sorriu ao Belenenses SAD nos últimos minutos

A falta de eficácia condenou o Gil Vicente FC à derrota no duelo da 29ª jornada da Liga NOS, com o Belenenses SAD. Os Gilistas fizeram o suficiente para merecer a vitória, mas o esférico não passou a linha de golo por mais do que uma vez e nos minutos finais da partida o jogo sorriu à equipa de Belém, que conseguiu conquistar os três pontos.

Num duelo importante para duas equipas que lutam pela manutenção, esperava-se um jogo equilibrado e intenso. Aos 24′ Joel Pereira, na direita, colocou o esférico na área para Pedrinho encostar, mas o médio não conseguiu chegar ao golo. Apenas um minuto depois, Pedro Marques tentou de fora da área, mas o guardião dos locais segurou o esférico.

O avançado Gilista acabaria mesmo por marcar, aos 42′, quando a equipa do Belenenses se encontrava balançada para o meio campo contrário, Joel Pereira colocou na frente e Pedro Marques, isolado com o guarda-redes, conseguiu rematar para o fundo da baliza. Ainda antes do apito para o intervalo, Pedro Marques rematou ao lado após passe de Fujimoto, naquela que foi a segunda melhor oportunidade de golo dos Gilistas.

No reatamento, a equipa do Belenenses queria mudar o destino do jogo e Sousa, logo aos 51′, num remate forte do lado esquerdo, conseguiu empatar a partida. O Gil Vicente FC não baixou os braços e conseguiu reagir bem ao golo do adversário. Primeiro, aos 59′, Pedro Marques tentou picar a bola sobre o guarda-redes do Belenenses, mas o esférico acabou por sair pela linha final após intervenção do defensor das redes adversárias.

Dois minutos depois, Lourency tentou um cruzamento/remate do lado esquerdo, mas Kritciuk, que viria a ser considerado o homem do jogo, sucou para fora. No pontapé de canto que resultou desse lance, Talocha bateu à esquerda para Rodrigo cabecear, mas o guarda-redes local voltou a fazer uma grande defesa.

Aos 77′, Léautey, do lado esquerdo, rematou rasteiro contra o poste e na recarga Samuel atirou ao lado. Já depois do minuto 90, Francisco Teixeira fez o golo e garantiu os três pontos para a formação de Petit.