Finalização voltou a ser ‘calcanhar de aquiles’ da equipa Gilista

O duelo da 30ª jornada da Liga NOS, entre o Gil Vicente FC e o SC Farense, terminou num empate sem golos. As duas equipas mediram forças em jogo importante na luta pela manutenção, mas nenhuma conseguiu furar as redes da baliza adversária. A finalização voltou a ser o carrasco dos Gilistasm, que criaram oportunidades mas não conseguiram mexer no marcador.

Lourency, aos cinco minutos, foi o primeiro a criar perigo, com um remate de longe, mas o guardião Beto desviou o esférico da trajetória da baliza. Logo no minuto seguinte, Léautey arrancou pela direita e tentou o golo perto da linha final, mas nova intervenção de Beto com os pésd impediu o golo Gilista.

A resposta do SC Farense surgiu aos 10′, os visitantes assustaram Denis com um remate à entrada da área, mas o brasileiro defendeu para canto. Aos 19′, Lourency voltou a atentar o golo. Servido por Pedrinho, o avançado brasileiro, na esquerda, tentou o remate cruzado, mas o guardião do Farense voltou a dizer ‘presente’.

Foi pelos pés de Pedrinho que surgiu a melhor oportunidade de golo do Gil Vicente FC no primeiro tempo, aos 20′, o médio enviou um forte remate à entrada da área, mas o esférico embateu no poste. Logo depois o Farense também usufruiu de uma oportunidade de golo, após um canto batido do lado direito do ataque, mas Denis evitou o golo após grande confusão na pequena área.

Aos 34′, Léautey arrancou e isolou-se, mas o remate saiu às malhas laterais da baliza dos algarvios. Já no segundo tempo, aos 50′, o francês Léautey voltou a tentar o golo, mas o esférico saiu novamente para fora. Pouco depois, Joel Pereira cruzou na direita para Lourency ao segundo poste, o brasileiro deu para Samuel Lino encostar, mas Beto voltou a negar o golo aos Gilistas.