Lotaria das grandes penalidades sorriu ao FC Paços de Ferreira

O jogo da segunda fase da Taça da Liga, entre o Gil Vicente FC e o FC Paços de Ferreira, sorriu aos pacenses. O duelo terminou empatado a uma bola no tempo regulamentar, mas nas grandes penalidades o grupo de Jorge Simão carimbou a passagem à fase de grupos.

A equipa Gilista esteve sempre melhor no jogo e ocupou com qualidade o meio campo adversário. Aos 39′ Samuel Lino tentou o golo de longe, mas o guardião dos Paços de Ferreira segurou com facilidade.

Já no arranque do segundo tempo os locais chegaram ao golo por Denilson Júnior (47′). O Gil Vicente FC continuou por cima do jogo e aos 58′ Bilel estabeleceu o empate após um bom passe de Kanya Fujimoto. Antes disso, Pedrinho, aos 51′, rematou com força de livre direto mas o esférico passou por cima da barra da baliza pacense.

Aos 68′, Zé Carlos, na direita entregou para Samuel Lino que no remate já dentro da área colocou o esférico a passar a poucos centímetros do segundo poste. Com o resultado empatado no final dos 90′, o jogo seguiu para as grandes penalidades. O FC Paços de Ferreira acabou por vencer por 4-3.