Golo quase ao cair do pano impede Gilistas de pontuar

Um golo de Sérgio Oliveira ao minuto 88′ impediu o Gil Vicente FC de pontuar diante do FC Porto. Os portistas levaram a melhor no duelo da 7ª jornada da Liga Portugal Bwin, que se pautou pelo equilíbrio no primeiro tempo e por um sinal mais para os portistas na segunda parte. Ziga Frelih fez a diferença nos segundos 45′ do jogo, mas não conseguiu parar o forte remate do médio português.

Foi Mehdi Taremi que abriu o marcador a favor do FC Porto. Após um desentendimento entre Pedrinho e Lucas Cunha, o esférico sobrou para o iraniano que praticamente do meio campo chutou para a baliza e apanhou Ziga Frelih adiantado, chegando assim ao golo. Até ao momento, nenhuma das equipas tinha criado oportunidades flagrantes de golo.

Aos 24′, Mbemba jogou o esférico com a mão dentro da área e o árbitro da partida, após recorrer ao vídeo-árbitro assinalou grande penalidade a favor dos Gilistas. Samuel Lino na marcação do penálti atirou para defesa de Diogo Costa, mas na recarga não falhou a oportunidade de estabelecer o empate.

Já no segundo tempo, houve sinal mais do FC Porto, mas o Gil Vicente FC tentou chegar ao golo através de contra-ataques rápidos. Até aos 88′, Ziga Frelih fez uma mão cheia de boas defesas e impediu o golo do adversário. Mehdi Taremi ainda voltou a marcar, mas estava em posição irregular. Só aos 88′, de livre direto, Sérgio Oliveira atirou com força para fazer o 1-2.