Golo de Lucas Cunha deu vitória na Madeira

De visita à Ilha da Madeira para defrontar o Marítimo, os Gilistas regressaram a Barcelos depois de cumprida a missão de conquistar os três pontos. Em jogo da 10ª jornada da Liga Portugal Bwin, os barcelenses voltaram a vencer e quebraram assim uma série de sete jogos sem triunfar na competição.

Foram os madeirenses que começaram o jogo com sinal mais e logo aos cinco minutos, um remate de Bruno Xadas obrigou Ziga Frelih a voar para evitar o golo. O Gil Vicente FC respondeu com golo, aos 28′, Talocha na esquerda serviu Samuel Lino, que junto à linha final cruzou para trás e Fujimoto de primeira fez abanar as redes da baliza do Marítimo. Ainda antes do intervalo, um remate de longe voltou a pôr à prova o guardião Gilista, que respondeu novamente de forma positiva. Ainda assim, os locais chegariam mesmo ao golo, com Bruno Xadas do lado esquerdo a rematar para fazer o 1-1.

No reatamento da partida, o Marítimo voltou a criar a primeira oportunidade de golo e novamente por intermédio de Bruno Xadas. Com um remate de longe, o médio português voltou a obrigar Ziga Frelih a voar para defender. Aos 52′ foi André Vidigal a tentar o golo, mas o guardião esloveno voltou a dizer ‘presente’. Na sequência de um pontapé de canto do lado esquerdo, o esférico caiu na área após um remate de Samuel Lino que embateu no corpo de um adversário e Lucas Cunha em posição para marcar não falhou o golo. O Marítimo ainda tentou evitar a derrota, mas foram mesmo os Gilistas a conquistar os três pontos na deslocação à Ilha da Madeira.