Ricardo Soares: “Foi um jogo essencialmente competitivo”

No final do duelo com o Boavista FC, o treinador Ricardo Soares admitiu que o jogo não correu como queria e que o empate acabou por ser um resultado “justo”. tendo em conta que foi um jogo “essencialmente competitivo”.

“Sofremos um golo de bola parada, no qual, o mérito vai para o Boavista FC. Depois, o Boavista é uma equipa que em casa se torna extremamente forte apoiada por estes adeptos. Sabíamos o que ia acontecer e que nos poderia por desconfortáveis. Na primeira parte fomos pouco ofensivos e gostava de dar mais mérito ao Boavista FC do que demérito à nossa equipa”, disse o técnico Gilista. “Na segunda parte não entrámos tão bem como queríamos, mas depois das substituições tivemos mais posse de bola e mais agressividade. O empate foi justo e não me custa admitir que queríamos um jogo com mais qualidade. Foi essencialmente um jogo competitivo”, acrescentou.

Confira a conferência de imprensa: