Ricardo Soares cumpriu 100 jogos na I Liga e garante que é um treinador feliz

O técnico Ricardo Soares cumpriu no passado domingo, no duelo com o Portimonense SC, 100 jogos na I Liga portuguesa. Um número bem redondo que não escapou aos olhos dos mais atentos e muito menos do Gil Vicente FC, que ofereceu ao treinador uma pequena lembrança. Foi pelas mãos do Diretor Desportivo Tiago Lenho que o homem do leme da equipa Gilista recebeu a recordação e não escondeu ser um treinador feliz em Barcelos.

Após a entrega da oferta do clube Gilista, Ricardo Soares prestou declarações ao site oficial do clube e não escondeu a satisfação por celebrar 100 jogos no escalão mais alto do futebol português.

Significado de fazer 100 jogos, sendo que grande parte deles são aqui no Gil Vicente FC?
“Fazer 100 jogos na I Liga tem, de facto, um significado muito grande porque é por isto que eu luto todos os dias, para me tornar cada vez mais competente e este sentimento ainda é mais especial por estar no Gil Vicente, um clube no qual me orgulho de estar. Somos uma verdadeira família, lutamos todos pelo mesmo e é com grande satisfação que vejo que as pessoas no Gil também se lembram e é muito gratificante ser lembrado desta forma.”

Cumpre este número redondo numa altura em que a equipa tem tido boas prestações, como é que o Mister Ricardo Soares vê isto?
“Primeiro, com grande satisfação porque quando somos contratados queremos ser bons profissionais e eu tento dar o melhor de mim às instituições que represento e a melhor forma é sempre através dos resultados. O futebol gira muito em torno dos resultados e se nós pudermos aliar este futebol e proporcionar aos adeptos alegrias com futebol de grande qualidade, que é aquilo que nós temos feito, ainda mais feliz fico porque no fundo o futebol é dos adeptos. Depois, também há um conjunto de objetivos que estão a ser conseguidos. Quando fui convidado pelo Presidente, estabelecemos uma ligação forte de grande respeito e de grande cumplicidade e há um conjunto de objetivos que eu me propus atingir e felizmente as coisas estão a fluir e estão a ir ao encontro daquilo que perspetivámos nas nossas melhores previsões. Agora é continuar a trabalhar de forma humilde, de forma simples, de forma honesta e tentar que possamos crescer ainda mais para tornar a equipa cada vez mais competente”.

É um treinador feliz aqui no Gil Vicente FC?
“Completamente feliz. Completamente realizado não diria porque ainda há um longo caminho a percorrer e nós queremos mais e melhor.”