Empate a duas bolas na receção ao CD Santa Clara

Gil Vicente e Santa Clara empataram a duas bolas no duelo da 21.ª jornada da Liga Portugal Bwin. Barcelenses e açorianos proporcionaram uma tarde de domingo bem quente, à imagem do sol que se fazia sentir no Estádio Cidade de Barcelos, com golos, expulsões e um ambiente bem caloroso nas bancadas.

Foi a equipa visitante a ter a primeira oportunidade de golo, mas foi do pé de Fujimoto que saiu o remate mais perigoso. O japonês, aos sete minutos, rematou às malhas laterais da baliza açoriana. Aos 28′ o Santa Clara chegou ao golo por Cryzan após um cruzamento do lado esquerdo ataque da equipa de Mário Silva. Aos 33′ Samuel Lino foi travado em falta dentro da área e o árbitro da partida apontou para a marca da grande penalidade. Na marcação, o avançado brasileiro não desperdiçou a oportunidade para fazer o empate. Ainda antes do apito para o intervalo, o Santa Clara criou nova oportunidade de golo, mas o guardião Andrew protegeu bem a baliza.

Já no segundo tempo, ambas as equipas se debateram bem, mas o Santa Clara acabou por chegar primeiro ao golo com Talocha a introduzir o esférico na própria baliza. Dez minutos depois, o capitão Rúben Fernandes fez justiça no marcador e cabeceou para o fundo da baliza de Marco Pereira após um canto batido por Pedrinho do lado direito do ataque barcelense.

Veja o resumo da partida: