Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

Vitória convincente em Portimão vale passaporte para os quartos

No último jogo da fase de grupos da Taça da Liga, o Gil Vicente FC deslocou-se ao terreno do Portimonense FC a precisar de uma vitória para seguir em frente. Os homens de Daniel Sousa cumpriram a missão com distinção e venceram por 0-3.

Logo a abrir, a equipa da casa criou calafrio, quando Kim rematou ao poste. A partir de então os gilistas assumiram as rédeas do encontro e passaram a ser a equipa mais perigosa no campo.

No entanto, nem tudo foram boas notícias para Daniel Sousa. Ao minuto 25, Pedro Tiba sofreu um toque e teve mesmo de ser substituído. Um quarto de hora depois, Fran Navarro atirou da marca dos 11 metros para defesa de Kosuke. Na recarga, Vítor Carvalho ainda introduziu a bola na baliza, mas o golo foi anulado por alegada falta do avançado espanhol.

Ainda assim, os gilistas ainda foram a tempo de colocar justiça no resultado antes do intervalo. Após um pontapé de canto cobrado por Murilo, Lucas Cunha apareceu ao segundo poste a cabecear para o fundo da baliza. O defesa central brasileiro faturou pelo segundo encontro consecutivo.

No segundo tempo, a equipa de Daniel Sousa elevou a nota artística, cortesia de Kanya Fujimoto. Após um bom lance coletivo, o médio japonês surgiu na casa do guardião da casa e, com subtileza, picou para o segundo golo da noite.

Os barcelenses nunca deixaram de ir em procura de mais golos e foram recompensados a três minutos do final. Bilel executou um belíssimo passe a rasgar e o inevitável Fran Navarro contornou Kosuke e tocou para o 0-3 final.

O Gil Vicente FC fica agora à espera de adversário para os quartos-de-final, adversário esse que ficará conhecido apenas sexta-feira, quando ficar delineado o vencedor do grupo A.

Patrocinador Principal

Município de Barcelos

TECHNICAL SPONSOR​

Lacatoni

OFFICIAL SPONSOR

Crédito Agrícola
H.M Motor
Água Monchique
Eacetech
Luxsteel
Luxsteel
WhatsApp