Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

Balde de água fria nos descontos dita derrota no Dragão

A sexta jornada da Liga Portugal Betclic levou o Gil Vicente FC até ao Estádio do Dragão para defrontar o FC Porto. A equipa barcelense fez por merecer outro resultado, mas saiu derrotada por 2-1 já perto do final.

O começo do encontro não poderia ter corrido pior aos gilistas que ao minuto seis se viram em desvantagem com um golo anotado por Iván Jaime. Ainda assim, os comandados de Vítor Campelos não se mostraram incomodados com a entrada em falso e paulatinamente foram crescendo de surpresa.

Neste seguimento, foi sem grande surpresa que, ao minuto 37, Depú fez o empate na partida com uma finalização espontânea. Do lance há ainda a destacar o grande passe de Martim Neto a descobrir a desmarcação do avançado angolano. Pouco depois, a história quase se voltou a repetir. Martim Neto cruzou para o segundo poste e Depú quase cabeceou para o fundo da baliza.

No regresso dos balneários, o Gil Vicente FC não veio com a mentalidade de apenas conquistar um ponto e teve a seu favor as melhores oportunidades. Primeiro, Félix Correia, após um grande lance individual, viu Diogo Costa negar-lhe o golo com uma defesa com os pés. Logo de seguida, Maxime Dominguez surgiu na cara do guardião portista que voltou a fechar as portas da baliza.

Quando já nada o faria prever, o FC Porto chegou ao golo da vitória em tempo de compensação com uma cabeçada certeira de Stephen Eustáquio. Resultado castigador e ingrato para os gilistas, que mereciam ter saído com pontos do Estádio do Dragão.

Patrocinador Principal

Município de Barcelos

TECHNICAL SPONSOR​

Lacatoni

OFFICIAL SPONSOR

Crédito Agrícola
H.M Motor
Água Monchique
Eacetech
smartFan
Luxsteel
Luxsteel
WhatsApp